A Zeno.FM Station

Igor Denisov Contra Guerra na Ucrânia

«SOU CONTRA A GUERRA E TALVEZ SEJA PRESO OU MORTO POR DIZER ISTO»

 

Igor Denisov mostrou-se contra a guerra na Ucrânia.

O ex-capitão da seleção da Rússia (54 internacionalizações), Igor Denisov, 38 anos, que fez toda a carreira no país natal, até pendurar as chuteiras em 2018/2019 (Zenit, Anzhi, Dínamo Moscovo e Lokomotiv Moscovo), tomou uma posição pública sobre a guerra na Ucrânia que raramente tem sido vista por parte de desportistas ou ex-desportistas russos.


Numa entrevista ao blogger desportivo Nobel Arustamyan, que pode ser vista no YouTube e que foi citada pela Sky Sports, Denisov diz que ficou «chocado» e «horrorizado», vincando. «Sou contra a guerra e contra a morte de pessoas.

É um desastre. Talvez seja preso ou morto depois destas palavras, mas é o que sinto, não posso ficar calado», disse.

 





 

 

O ex-jogador contou ainda que no início da guerra gravou uma mensagem vídeo para o presidente russo, Vladimir Putin, a pedir o fim da guerra. «Estou pronto para me ajoelhar diante de si», disse. Contudo, conta que a comunicação social do país não quis publicar a mensagem

.
Denisov diz mesmo que o povo russo é em parte responsável pela guerra, pelo facto de não conseguir vincar o seu ponto de vista junto do governo.